quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

TRAVESSIA LACUSTRE II

Segundo dia de travessia das lagoas
No primeiro dia da travessia, saímos do ponto extremo Norte da lagoa Itapeva (Torres) e o objetivo era chegarmos em Osório com dois dias de remada e percorrendo as antigas rotas de navegação das lagoas e seus canais - alguns trechos artificiais, abertos para facilitar a navegação.
Nessa época não haviam estradas e a ligação dessa região com Porto Alegre, era por meio das lagoas do litoral até Osório e, de lá, por estrada de ferro até Palmares do Sul. Depois, voltava a ser por água através das lagoas do Casamento, dos Patos e rio Guaíba.
A primeira etapa concluímos chegando na ponte do rio Cornélius onde acampamos na revessa do vento. O dias seguinte amanheceu chovendo e com muitas ondas na lagoa dos Quadros que era a primeira travessia de lagoa da segunda etapa..
Diante das condições adversas do tempo, a segunda parte ficou para outra data e aconteceu neste domingo 28/11/2010.
A ponte do rio Cornélius.

Outros caiaques chegando.

Atravessando a lagoa dos Quadro e o morro Maquiné ao fundo.

Todo mundo no rumo...


Meio da lagoa.


Onda subindo ou popa baixando?



Olha onda...




Chegando na outra ponte; é o final da lagoa dos Quadros.

Parada na marina.




De volta à remada, passamos em frente de casas de pescadores à margem do canal.






Final do canal e entrada na lagoa das Malvas.

Parada no banco de areia.

Caiaqueveio e o morro Alto.

Passando pela lagoa do Palmital.


Foto de Rogério Daitx.

Foto de Rogério Daitx.

Foto de Rogério Daitx.

Foto de Rogério Daitx, esta com um toque de edição de cor e contraste.

Travessia da lagoa da Pinguela na direção do pontal.

Parada para um merecido descanso.

Daí Fabiano?

Morro Alto.


Largado do pontal para a última etapa: uma parte da lagoa da Pinguela e o canal do Peixoto.

Seria uma foto da árvore mas, com aproximação do zoom, vimos que a praia estava habitada...

Chegada do caiaqueveio no porto final da travessia.

Muita gente aproveitando a água nesse dia quente.

Ao fundo o morro da Borússia e as antenas de Osório.

Distância percorrida (aproximada) do segundo dia de remada.
Participantes da Travessia Lacustre.


 O encerramento ocorreu com entrega de medalhas por participação aos remadores e colaboradores em apoio de terra e, um troféu para cada escuderia.

*****




4 comentários:

Jorge Luiz Padaratz disse...

E aí Germano! Parabéns a vocês por mais esta bela aventura. Achei muito bonita a foto que você tirou dos dois rasga-mar no banco de areia. Ah! vi um post que você testava um Sioux duplo - Comprou uma nova nau para a frota?

Um abraço,

Padaratz

Brothers Adventure disse...

Parabéns a todos nós... essa travessia foi a primeira de muitas...

Grande abraço...

Germano José Greis disse...

Olá Padaratz,
Aqueles dois primeiros, estavam no canal entre as lagoas dos Quadros e das Malvas. Os outros, estavam em grande número nos bancos de areia que tem na saída desse canal para lagoa das Malvas. Eu consegui firmar a câmera mas, estava quase batendo na areia e, para não encalhar, peguei no remo. Bem nesse momento o bando todo voou e perdi a foto deles no ar.
Sim, temos um duplo agora.
Obrigado, abraço.

Germano José Greis disse...

Olá Brothers,
Com certeza teremos muitas remadas tanto pela canoagem quanto pela amizade de todos.
Obrigado, abraço a todos.

Postar um comentário