segunda-feira, 25 de julho de 2011

REMADA DE INVERNO

(Assunto para quem gosta de caiaque)

Eu e Bueno encontramos Leonardo, Tiane e Egon  na lagoa do Peixoto (Osório) onde pernoitaram vindos de Maquiné remando no dia anterior.Haviam pegado vento de frente e correnteza contra no canal que liga as lagoas dos Quadros com a lagoa das Malvas. 
Logo chegaram Rogério e Fernando vindos de Torres. Depois, chegaram Marcio e o Pardal.
Logo que todos se aprontaram, partimos para fazer o caminho de volta percorrido pelos amigos até ali, porém , dividindo o percurso em dois dias fazendo um acampamento nas figueiras da costa da lagoa dos Quadros.





 Percorremos o canal do Peixoto que liga a lagoa do Peixoto com a lagoa da Pinguela com o vento que se começava dificultar  formando um túnel pelo canal.
Quando adentramos na lagoa da Pinguela enfrentamos pequenas ondulações formadas pelo vento Nordeste e, assim, fomos pela costa Leste até a primeira parada.














Veja o sincronismo na remada, mas também, filho de peixe, peixinho é.


Retomamos a remada e as ondas aumentavam na medida que no aproximávamos da ponta onde vira para a lagoa Palmital. Ali, normalmente fazemos uma parada na prainha mas, desta vez, estava encoberta.






  
Neste ponto termina a costa Leste da Pinguela e suas águas  se emendam com as da Palmital e corresponde parte final da travessia (Sul para Norte) em direção ao morro Alto.



Chegando  na proteção do vento, seguimos pela costa coberta de juncos nas águas da lagoa Palmital até o pontal formado com a lagoa das Malvas.

Parada para o almoço e a constatação que retomando a remada  para entrar à  esquerda,  virando no pontal das lagoas, as ondas estavam bem mais altas. Podíamos ver do acampamento a água bem agitada. Um lancheiro que pescava por ali nos conselhou não entrar na Malvas mesmo porque, depois teríamos o canal com correnteza forte e ondas grandes. O vento estava a favor da correnteza e os dois contra nós.
A decisão foi unânime e montamos acampamento ali no pontal que era local protegido.



Rogério tentando saber que animal estava no barco do Pardal; calma gente, é um cobertor.












































Amanhecendo no pontal das lagoas Palmital e das Malvas.



































Despedida dos amigos de Torres que retornaram do pontal para Osório pois haviam se programado para remar até o metade do segundo dia.




Retornamos também porém, contornando a costa do morro e fazendo um percurso maior.
















Parando para o almoço.




Entrando de volta no canal do Peixoto.






Márcio, Tiane e Leonardo, Pardal, Egon, Fernando e Germano.



Aguardando resgate.








Senti que a vontade de Leonardo era de seguir em frente pois, o dia havia amanhecido com vento mais calmo. A questão era que podia ficar mais forte durante o dia e seria uma dose maior de esforço, principalmente, porque eles já haviam remado 37km para chegar até Osório.
Embora tenha sido uma remada fora do programado, como comentou a Tiane, o ponto alto da remada foi  o acampamento e a confraternização entre amigos.

***

Visite o blog de Leonardo  e veja suas belas fotos dessa remada com  relatos dos momentos nas ondas das lagoas das Malvas e Pinguela.


Veja relatos de Tiane  em "Se Minha Bici Falasse"

*****

3 comentários:

Rogério Daitx disse...

Parabéns por belas fotografias e pelo post...
Grande abraço e boas remadas...

Anônimo disse...

Que beleza de postagem, Germano! Parece que depois do banho essa máquina fotográfica melhorou ainda mais! Excelentes fotos!!! Obrigado pela companhia e companheirismo de sempre na remada e por compartilhar essas belas imagens e impressões!
Abração do Leonardo Esch

Alberto Blank disse...

Muito boas as fotos, belos locais!
botei fé na turma de voces!

abraço
Alberto Blank

http://albertoblank.blogspot.com

Postar um comentário