terça-feira, 16 de novembro de 2010

KAYAK DOBLE


Fui até a praia de Ipanema colocar o Explorer 670 na água e avaliar seu comportamento. Foi uma experiência nova remar em um duplo. 
O  importante era ter uma idéia do comportamento do barco e, seu estado de conservação já que ele é usado. Pelo que pude avaliar em primeira mão, que seu sistema de governo deixa a desejar - o melhor foi remar sem ele. Outro ponto negativo são as tampas dos compartimentos.

Acredito que poderei substituir o leme e também os controles dos pedais. Farei novas tampas, mais ajustadas às medidas dos aros  e com capa de neuprene novas. Depois, trocarei os cabos elásticos por outros em preto.







Boa sorte ao duplão e a todos que nele navegarem.

*****






3 comentários:

Leonardo Esch disse...

Mazáááá!!!
Parabéns pela nova aquisição - agora terás um caiaque para levar a Filhinha para passear!!!
Por esse motivo já apelidei o danado: "Caia-Cão"!!!
Que seja motivo para muitas alegrias e inclusão de novos remadores nesse mundo náutico em contato direto com a natureza!
Fico muito feliz!

Abração,
Leonardo.

Germano José Greis disse...

Gostei do "caia-cão" e acho que vai ficar, desde que ela consiga se adaptar ao caiaque e, de minha parte, se eu seguir com as remadas. Fora isso, o duplão vai ficar aguardando uma inauguração ao estilo.Obrigado

Anônimo disse...

Oi estou adquirindo Junto com O Jair meu colega de remo um igual a este fiz um texte em osorio achei ele bem rapido e bem estavel o la do negativo é o comprimento 6m70cm é um pouco garnde para transportar em carro de passeio se eu levar ele para santa catarina terei que pagar uma autorização um abraço Alvares Fernanado

Postar um comentário